02 de Fevereiro – Dia de Iemanjá

Hoje dia 02 de fevereiro(quinta-feira) estamos comemorando o dia de Iemanjá. E nada melhor do que fazer nossas orações para esta grande energia das águas do mar. Na Mitologia Yoruba, a dona do mar é Olokun que é mãe de Yemanjá, ambas de origem Egbá. Yemojá, que é saudada como Odò (rio) ìyá (mãe) pelo povo Egbá, por sua ligação com Olokun, Orixá do mar (masculino (no Benim) ou feminino (em Ifé)), muitas vezes é referida como sendo a rainha do mar em outros países. Cultuada no rio Ògùn em Abeokuta.

A história das religiões de nação em relação a Iemanjá é: Iemanjá, é o orixá dos Egbá, uma nação iorubá estabelecida outrora na região entre Ifé e Ibadan, onde existe ainda o rio Yemanja. Com as guerras entre nações iorubás levaram os Egbá a emigrar na direção oeste, para Abeokuta, no início do século XIX. Não lhes foi possível levar o rio, mas, transportaram consigo os objetos sagrados, suportes do axé da divindade, e o rio Ògùn, que atravessa a região, tornou-se, a partir de então, a nova morada de Iemanjá. Este rio Ògùn não deve, entretanto, ser confundido com Ògún, o orixá do ferro e dos ferreiros.

 

No Brasil

No Brasil Iemanjá é cultuada com duas grandes festas , uma na Bahia e outra no Rio de Janeiro. No Rio diversas pessoas fazem cortejos até as praias para levarem oferendas à rainha do mar. Como forma de agradecimento e renovarem a fé com essa energia maravilhosa.

Na umbanda Iemanjá é considerada a rainha do mar, além de ser a deusa padroeira dos náufragos, mãe de todas as cabeças humanas.

Qualidades

Yemowô – que na África é mulher de Oxalá,
Iyamassê – é a mãe de Sàngó,
Yewa – rio africano paralelo ao rio Ògún e que frequentemente é confundido em algumas lendas com Yemanjá,
Olossa – lagoa africana na qual desaguam os rios Yewa e Ògún,
Iemanjá Ogunté – que casa com Ògún Alagbedé,
Iemanjá Asèssu – muito voluntariosa e respeitável,
Iemanjá Saba ou Assabá – está sempre fiando algodão é a mais velha.
  • Dia: sexta-feira.
  • Data: 2 de fevereiro.
  • Metal: prata e prateados.
  • Cor: prata transparente, azul, verde água e branco.
  • Comida: manjar branco, acaçá, peixe de água salgada, bolo de arroz, ebôya, ebô e vários tipos de furá, melancia, cocada branca.
  • Arquétipo dos seus filhos: voluntarioso, fortes, rigorosos, protetores, caridosos, solidários em extremo, ingênuos, amigo, tímido, vaidosos com os cabelos principalmente, altivos, temperamentais, algumas vezes impetuosos e dominadores, e tem um certo medo do mar.
  • Símbolos: abebé prateado, alfange, agadá, obé, peixe, couraça, adê, braceletes, e pulseiras.

Não deixe de conferir nossos pontos de Iemanjá.

Axé !

por

Confirmado por Xangô Ayrá, L'Ogan é o idealizador do site Pontos de Umbanda. Já comandou os atabaques em terreiros de Umbanda e Angola. Atualmente é pai ogan na Casa de Caridade Portal de Aruanda, já cantou em diversos festivais de cantigas afro-brasileiras e dedica-se com amor ao compartilhamento de pontos de umbanda na internet.




2 Comments

  • Patty

    Odoyá Minha mãe! Lindas homenagens! Axé!

  • Cassiane Gomes

    Nossa que lindo *-*

LEAVE A COMMENT

Digite o valor * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.